Healthy Lifestyle #2

Olá meus queridos! Falei-vos que nos primeiros meses da reeducação alimentar só tinha mudado o pequeno almoço e começado a tomar mais água e chá.

Contudo, esta rubrica (se é que a posso chamar assim) também serve para vos mostrar a realidade e que nem tudo é fácil. Antes de tudo, visto que não mencionei no primeiro post, há que ter noção que todos nós devemos ir a um médico, consultar, pedir um plano e seguir direitinho as ordens médicas. Não podem fazer exatamente o que faço pois o que funciona comigo pode não funcionar com vocês. Cada corpo é um corpo. Há que respeitar isso e tomar as devidas precauções, começando por ir a uma nutricionista.

A reeducação alimentar é um processo demorado e complicado.

A redução não é tão rápida quanto na dieta tornando-se assim um pouco mais lento os resultados. Todos nós sabemos que perder peso devagar se é essencial, visto que é mais difícil o ganho deste, mas há a frustração pelo meio de não conseguir ao fim de três meses, perder um quilo que seja. Mas chegaremos lá! 🙏🏻

Este mês continuei com o pequeno almoço, porém visto que estava a ser muito igual decidi experimentar torras suecas integrais pela manhã, umas vezes com fiambre light, outras com manteiga magra, com café ou chá (comecei a beber o de limão e gengibre ou menta).

Os chás da Lipton sempre são mais fortes daí não necessitar de açúcar, mas no café costumo por sempre, então optei por colocar Stevia. Decidi experimentar depois de ouvir algumas pessoas falarem nele e nunca pensei que fosse tão doce. Uma saqueta é mais que suficiente no café deixando o mesmo bem melado sabem? Tenho de repartir uma saqueta por dois cafés porque senão fica intragável.

Este mês impus-me uma meta: não comer pizza. Quem conhece a verdadeira Carolina sabe que a mesma não vive sem pizza, porém quis provar o contrário! Só comi no dia do meu aniversário visto que não houve muita hipótese, mas de resto, não toquei numa fatia que seja! 🙌🏼 Também queria atingir 14 litros de água bebidos, porém faltarão ainda imensos.

Comecei no dia 10 a fazer o jejum intermitente  todos os dias, daquela semana. Estava em casa e visto que a atrapalhação com a PAP e outros tantos afazeres terminava por almoçar bem tarde, foi aí que lembrei-me disto. O meu record foi 20 horas de jejum, sendo que nos outros dias fiz de 16 horas. Notei que estava bem mais disposta, não tive fome e não senti nada de diferente no meu corpo. O estômago não roncava nem nada do género. Fui bebendo um pouco de água, porém quase nenhuma durante aquela semana.

Das coisas que reparei é que fiquei menos inchada. Quando comia não o fazia com fome, apenas fazia as horas de jejum que conseguia fazer e quando tinha tempo para comer, comia. O facto é que mal não faz. Tem imensos benefícios. Pensava que iria ser um tanto mais complicado, mas até foi bem tranquilo.

Quanto às restantes refeições tenho tentando diminir o prato, principalmente ao jantar, pois não fico bem disposta ao ir dormir muito cheia, e tenho aumentado ao almoço, quando pulo o pequeno almoço. Nos intervalos, tostas de milho, bolachas integrais ou iogurte. Água e chá já é obrigatório.

Pesei-me no começo do mês, porém decidi que não o iria fazer até abril – quando irei ver os quilos perdidos ou não.

Por aí estão na luta de correr atrás do prejuízo também? Como tem sido até agora? 

Share Button
  1. É importante não nos aventurarmos em extremos, porque isso, mais cedo ou mais tarde, vai acabar por ter efeitos negativos no nosso corpo. E, claro, recorrer a um profissional é sempre a melhor forma de adequarmos a alimentação às nossas necessidades.
    Fazer todas as refeições, para mim, é fundamental, porque é uma forma de estar saciada, mas sem precisar de grandes quantidades de comida.
    Confesso que não consigo beber chá ou café com açúcar

    r: E eu muito feliz por receber a tua participação *.*

    Espero que gostes, minha querida 🙂

    Beijinho grande

    1. Se estás a referir-te ao jejum intermitente não há nada de mau ao fazê-lo. Está mais que comprovado que traz mais benefícios do que desvantagens. Fiz durante uma semana para limpar o organismo. Ultimamente não tenho tomado pequeno almoço de jeito, desde que comecei o estágio pois a pressa é muita e não tenho tido apetite. Sou também da mesma opinião que ter acompanhamento médico é essencial e até obrigatório.

      Awwn! ☺️ Muito obrigada! Beijinhos 😘😘

  2. Cassy Frost says: Responder

    Adoro chá de menta… Só o cheiro já me dá água na boca.

    Adorei o post e desejo-te que tenhas os méritos que mereces na reeducação alimentar.

    1. É tão bom mesmo! 😍😍

      Os méritos vêm devagarinho mas virão. Obrigada minha querida! 💙 Beijinhos

  3. Olha nunca experimentei stevia por acaso! Eu também sou meio viciada em pizza mas é preciso força de vontade. Não queremos não comemos 😀 Estás num ótimo caminho, muita força querida!
    Beijinhos

    1. É um açúcar tão bom quanto o normal. Deverias experimentar! Vale a pena! É, às vezes a determinação e foco são tudo. Beijinhos minha linda 💙

  4. Estou mesmo a precisar de uma reeducação alimentar 😞

    1. Oh a sério? Beijinhos 😘😘

  5. O spray azul, meu bem?! É incrível, incrível. É o meu favorito de sempre 😛

    Tenho muito de encontrar Stevia, se bem que aqui não é muito fácil. :p Sou muito adepto da comida saudável e troco muito facilmente por fast food… mas também tem que ver com aquilo por que passei 🙁 É preciso muita força de vontade, sim, mas não é difícil. Só o facto de estares consciencializada já é bom! <3

    1. Sim! 😍 Fiquei curiosa acerca dele.

      Espero que consigas encontrar. Tem da marca Continente. ☺️ Não é complicado quando estamos focados e temos a noção das coisas. Mas gosto principalmente de levar esta jornada com calma. Beijinhos 😘

  6. Vou voltar ao ginásio já na próxima semana, por isso acho que tenho de começar a verificar dietas saudáveis e bem adaptadas para seguir. Acho interessante este conceito de reeducação alimentar porque de facto a minha alimentação também não é das melhores. Talvez consiga inspirar-me nestas publicações e ganhar força para mudar!
    Beijinhos <3

    1. Espero mesmo que te consigas inspirar querida! Força! 💪🏻 beijinhos 😘

Deixe uma resposta