É hora de seguir em frente

Os fins geralmente são sempre trágicos e muitas vezes, as lições teimam em demorar. Neste caso, não foi de todo desse jeito. Doeu muito sim. Não o posso negar. Pensei que não aguentaria, que a minha vida seria uma m#rda a partir daquele momento e cheguei mesmo a dizer que não aguentaria viver sem ele. E foi aí que vi o meu grande erro: a dependência.

Começamos a depender demasiado dos nossos companheiros para tudo e acabamos por deixar-nos de lado, os nossos sonhos, amigos, atividades e tudo o que antes fazia-nos feliz. Não deve ser assim. Numa relação há que haver liberdade também. Não havia na minha. A verdade é essa. Estava super dependente dele para tudo e quando quis colocar um travão foi quando tudo começou a desandar. Li e ouvi coisas que nunca me passariam pela cabeça, principalmente pela pessoa que era, ou pelo menos, que dizia ser. Cada palavra era como uma lâmina – mas dessas não tenho medo –, porém mesmo querendo chorar dia e noite (nos primeiros 2 dias) tive a dádiva de ter as pessoas certas naquele momento, apoiando-me e incentivando-me a lutar pelo que mais amo, pelos meus sonhos e objetivos. Tudo isso fez-me ter força. Força de continuar e deixar de lado um amor que se tornou tóxico com o passar do tempo.

Quando um relacionamento se torna tóxico, não há nada que o faça voltar atrás.

Não vale a pena tentarmos, pois não dará em nada. Acreditem. Eu tentei e não consegui. E pior: é remarmos num barco sozinhos. Ao longo da viagem “tapava” os buracos que iam aparecendo no barco, enquanto o outro ficava à sombra da bananeira, e o que acham que aconteceu? Os buracos começaram a ser cada vez maiores e o relacionamento ficou tão desgastado, que a única que não queria ver isso era eu.

Terminou. É hora de seguir em frente e ser feliz na mesma.

Não é um homem que vai fazer-te feliz. Tira isso da mente. Ele deve completar a tua felicidade e aumentá-la, mas nunca ser o único motivo dela. Tal como também, deves amar-te em primeiro lugar e colocar-te sempre em primeiro. Deves pensar em ti, lutar por ti e pelos teus sonhos e tê-lo somente do teu lado, a caminhar. Não devemos estar a puxar ou a empurrar alguém. Se ele/ela não consegue estar ao teu lado é óbvio que não irá durar.

Por vezes, estamos com aquele medo estúpido de “não vou ter mais ninguém”.

É drama apenas. Sim, é. Conseguimos sim ter outra pessoa, mas porque queres já outra? Foram todas essas perguntas que rondaram a minha mente, nos últimos tempos. Cometi imensos erros e para além de dependência e de colocá-lo sempre em primeiro lugar, também centrei-me muito no “não conseguirei ser feliz sozinha“. Estava tão enganada. Saiu-me um peso das costas, que nem consigo descrever em palavras a sensação de leveza que é. Tornei-me leve, tranquila, mais controlada e acima de tudo, feliz. Sinto-me iluminada sabem? Como nunca antes estive.

Não é impossível. Conseguimos ser felizes. E o que quero agora é aproveitar a juventude. Comecei a namorar muito cedo (outro erro) e deixei de lado uma parte da minha adolescência que merecia ter sido vivida. Estou ainda mais consciente do que quero, de como tenho de fazer até alcançar essas metas e tenho estado muito mais focada naquilo que mais gosto.

A Carolina stressada e mal humorada está devagarinho a desaparecer (algo que sempre pensei ser impossível) e estou a tornar-me na minha melhor versão – aquela que sempre desejei.

Se tiveres de libertar-te, liberta-te! Segue o caminho que achas ser o mais certo e corre para poderes alcançar tudo o que anseias, quer seja com alguém ao lado, quer não.

Acima de tudo, este post foi mesmo para mentalizar-vos dos constantes erros que fazemos durante um relacionamento e que só precisamos de nós mesmos para sermos felizes. Nunca se esqueçam disso. Um beijinho grande e sejam felizes! 💙

Share Button
  1. Acredito que temos que saber estar primeiro connosco, para depois sabermos estar com os outros, precisamente para evitar essa sensação de dependência. O final de uma relação magoa sempre, mas podemos minimizar os danos ao não nos permitirmos sofrer por causa de pensamentos como esse, de que não encontraremos mais ninguém. Não há pressa.
    Concordo, essa liberdade é fundamental, porque também é uma forma de não existir cobrança, de não passar uma certa ideia de sufoco. Além disso, tem que existir respeito mútuo e espaço para que cada um possa fazer coisas enquanto ser individual que é.
    A feriada dói, mas ter a perceção desses erros também ajudará a fechá-la. O importante é que te sintas bem contigo

    r: Que bom, minha querida, fico mesmo contente *-*
    Termos uma peça (ou mais) que nos faça sentir poderosas é ótimo. A nossa autoestima eleva-se logo. E ainda bem! Eu adoro vestidos, mas, curiosamente, tenho poucos ahah
    Esses olhares negativos iriam arranjar sempre forma de aparecer, até porque as pessoas são muito rápidas a julgar, mas a partir do momento que não lhes damos crédito e percebemos que não são eles que nos definem torna-se mais fácil lidar com eles.
    Mas isso é bom sinal 😀 pensa no tipo de festival que é e no próprio espaço, pode ser que ajude a decidir.
    Pois é, as minhas rasgam todas entre as pernas por causa disso. Que irritação!

    Beijinho grande <3

    1. Exato. Infelizmente quando a minha relação começou não estava muito bem a nível psicológico, daí ter ficado tão tóxica como ficou, depois de ir abrindo os olhos ao longo do tempo. Já não dói como antes e acredito que irá passar com o tempo (assim espero).

      Fui ao festival de macacão, mas digamos que não correu como esperava. Beijinhos 😚

  2. Adorei…. Porque é isso mesmo. Consegues tudo sozinha e no momento certo terás lá alguém para te apoiar, para vos apoiarem mutuamente.
    Até porque a felicidade não depende de outra pessoa, mas de ti e do que estás a construir. Mesmo sozinha conseguirás tudo pelo qual lutas e serás feliz. Sempre! <3

    1. Exatamente. Por uns anos, espero não encontrar ninguém. É o melhor. Consigo tudo sozinha e não preciso da ajuda de um parceiro para nada. Beijos 😘😘

  3. Muito obrigado, meu bem. é engraçado que, ao longo do tempo, me vou apercebendo que são imensas as coisas que vamos tendo em comum!

    Acho fundamental o passo de seguir em frente. Seja pela razão que for. Primeiramente, é preciso fechar um ciclo para podermos começar outro. Só depois disso, seremos capaz de ter a atitude de fazer frente aos medos, mais precisamente 😀
    Mais um artigo que me surpreendeu imenso!

    NEW BRANDING POST | SUMMER IS YOURS: MY SUMMER BAG IS READY. :O
    InstagramFacebook Official PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me 😀

    1. É mesmo! 😱

      Não diria melhor. Este ciclo está demorando a fechar, mas quando fechar sei que é definitivo. Muito obrigada 💛 Beijinhos

  4. o ser humano tem capacidade para muita coisa, especialmente para recuperar e seguir em frente =)

    1. Felizmente 🙌🏼 beijinhos 😘

  5. Como sempre gostei imenso da tua reflexão Carolina. Já não passo por um rompimento há alguns anos, mas nunca me esqueço do quão difícil é realmente fazer todo esse processo de luto e chegar a essas conclusões, que deveriam ser tão óbvias!

    1. Infelizmente é complicado, mas não é impossível. Há que seguir em frente. Beijinhos 😘

  6. Que seja um bom recomeço minha querida, um renascer!
    Beijinhos

    1. De certo, está sendo. Muito obrigada querida 💛 Beijinhos 😚

  7. Ana Beatriz Pereira Martins says: Responder

    Adorei ler o texto e conhecer outra história de vida. Fico super feliz por teres conseguido ultrapassar e encontrar a verdadeira felicidade…

    Novo post: http://abpmartinsdreamwithme.blogspot.com/2018/06/ootd-79-black-white-is-always-good-idea.html

    Beijinhos ♥

    1. Ainda não encontrei a verdadeira felicidade, mas hei-de encontrá-la em breve. Não há pressa. Beijinhos 😚

  8. Nós ser humano fazemos sempre muitos dramas. Mesmo quando somos nós a terminar temos sempre aquele medo que não consigamos ter mais ninguém.

    Segue em frente, pois a vida vai mostrar-te o porquê de não ter sido aquela pessoa!

    Caminho é para a frente e a felicidade também!

    My Gentleman Side

    1. É mesmo! Nem mais. Hei-de ser feliz, tanto sozinha como acompanhada. 😊

  9. Adorei o post! Muito verdadeiro e com óptimos conselhos! Beijinho
    Cristina( blog stylecatchers)

    1. Muito obrigada 💙 Beijinhos

  10. Post longo e muito coerente.
    Bem escrito.
    Gostei

    1. Muito obrigada 😬

Deixe uma resposta